28 de julho de 2010

revistas novas!

Adoro crochet, mas não é fácil encontrar modelos interessantes que nos apaixonem e nos façam querer deitar mãos à obra. Adorei o post da Anna Maria Horner sobre o assunto e a sugestão da revista Summer Crochet que, entretanto, também já tenho e é, de facto, inspiradora. A maior parte dos modelos, se feitos em lã, podem perfeitamente ser Winter Crochet! E já tenho alguns projectos em mente!

Pelo caminho, não resisti à última edição da revista da Rowan, já para a nova estação, e que também tem coisas maravilhosas.

27 de julho de 2010

Treasure-trove: Ansel Adams

aqui tinha falado dele, é um dos meu fotógrafos preferidos. A CNN conta que 65 negativos em vidro, comprados em 2000 por Rick Norsigian, um professor de Fresno (apaixonado pela busca de antiguidades em feiras e vendas de velharias), na Califórnia, numa venda de garagem, são da autoria do fotógrafo norte-americano Ansel Adams, valendo 200 milhões de dólares, bem mais do que os 45 dólares pagos pelo actual proprietário.

Como é que as fotografias, desconhecidas até então, passaram da mão de Ansel Adams para a dita venda de garagem é um verdadeiro mistério, o que torna ainda mais emocionante a observação das fotografias, pensa-se que tiradas entre 1919 e princípios dos anos 30.

As imagens estão temporariamente disponíveis em http://www.lostnegatives.com/, onde se conta a história desta descoberta, e onde se podem adquirir impressões das fotografias.

Ficam aqui alguns desses tesouros.

24 de julho de 2010

:-) ~~~~~~~~~~~~~


Antes de rumar para a tão desejada praia de águas quentes e verdes pinos, a minha querida F. ainda concedeu docemente figurar sob a manta, pronta há já mais de uma semana, mesmo a tempo dos 41ºC que se fazem sentir em Lisboa.

muito mais a norte

As visitas dos meus Pais a Lisboa são vividas com grande expectativa e alegria. Com eles vamos descobrindo o que sempre esteve dentro de nós.
Desta vez a minha Mãe trouxe-me um livrinho do séc. XIX, com letras para bordar em ponto de cruz e um marcador antigo, lindo, forrado e debruado em ceda rosa, e bordado a vermelho, mesmo como eu gosto, que pertenceram às tias de Lamego.