25 de maio de 2009

descobertas

"Fala de uma experiência que tenhas feito ou visto fazer e da conclusão a que chegaste"

Eu vi fazer a seguinte experiência: tínhamos de ter duas palhinhas, uma bola de ping-pong e uma mesa a fingir de campo e umas mini-balizas. Nós ao soprar na palhinha o ar sai e arrasta a bola para as balizas. Eu cheguei à conclusão de que o ar existe.

19 de maio de 2009

Subject

-Mamã, preciso muito de ajuda! É que nos meus trabalhos de casa diz "escolhe um tema da tua preferência e redige uma composição" e eu não percebo isto... o que quer dizer "tema"?
- Um tema é um assunto... é um objecto, uma ideia, um acontecimento sobre o qual temos sentimentos e opinião, sobre o qual escrevemos, pensamos, conversamos...
- Ok, ok, já percebi. E agora:"da tua preferência"?
- Bem, há assuntos, isto é, "temas" de que não gostamos nada - por exemplo, a guerra -, e há temas que nos entusiasmam, que ocupam grande parte do nosso pensamento e do nosso tempo, isto porque são aqueles de que gostamos mais, são os nossos preferidos, ou seja, "da nossa preferência". Sabendo isto, é simples. Só tens de reflectir um pouco sobre a menina que tu és, sobre aquilo de que mais gostas e que mais te entusiasma, e irás descobrir qual é o tema da tua composição...
- Obrigada, mamã! Afinal, era tão fácil!!! Vou escrever sobre os Patudos!

Kite

15 de maio de 2009

Once upon a time...

Perdi definitivamente a noção do tempo na descoberta do site da International Children's Digital Library... São dezenas de livros infantis, de lindíssimas ilustrações, de finais do século XIX e de início do século passado, ingleses, franceses, crotas, norte-americanos, finlandeses, alemães... fábulas, romances... que podemos ler, manusear, contar, e vezes e vezes sem fim!

13 de maio de 2009

carapins e borboletas em ponto de cruz

visitava este blog e fui transportada para os tempos em que coleccionava retalhos de tecidos antigos da rua dos Clérigos, galões antiquados que depois cosia em atoalhados turcos, bordava borboletas em ponto de cruz e tricotava carapins para a Nonô que vinha a caminho.


significantes

- Mamã, que letra é esta?
- É o "O"; é fácil, os redondinhos são sempres "Ós".
- Olha outro "O"... :
- Isto? Isto não é uma letra, é uma bola.
- Nãããão! PENSA que é um "O"!

6 de maio de 2009

Dia da Mãe

"A minha Mãe
A minha Mãe só tem um bocadinho de paciência para os meus disparates e os disparates do meu mano. Tem os olhos castanhos e tem o cabelo preto e tem um perfume muito cheiroso que é da Dior. Basta sentir o cheiro do perfume para saber que ela está em casa. A minha mãe é magra e alta. É muito querida comigo e dá-me sempre beijinhos e abraços à noite. A minha mãe gosta de brincar comigo e quando eu estou doente ela sai muito cedo do escritório e compra-me um pequeno presente para eu ficar feliz. Eu adoro a minha mãe."

Dia da Mãe

Cartão feito no colégio:

Mãe, para ti fiz esta prenda
Que tem a minha mão
Boa Amiga, companheira
É teu o meu coração

Declamação (entre risos):

Mãe, para ti fiz esta prenda
Que tem a minha mão
Boa Amiga, cozinheira
É teu o meu fogão

Lisboa em Maio